20 de dezembro de 2011

Equação de intentos



Para estes dias,
para todos os que se sucedem,
e para todos quantos o almejam,
autênticos votos de que:
.
se multipliquem as concretizações
se somem as benesses
se dividam as alegrias
se subtraiam as inquietações
e se totalizem balanços positivos.




(Dalí, The Maids-in-Waiting (Las Meninas), 1960)

19 comentários:

  1. Esta é uma contabilidade feita de verdadeira humanidade. Que as contas, feitas e a fazer, te beneficiem largamente e que te deixem sempre com saldo positivo :))

    Um grande beijinho, um Natal quentinho e um ano de 2012 de arromba!

    ResponderEliminar
  2. Pra moça da bicicleta...

    Moça, não sei se seu cabelo é longo, mas se for, deixe o vento desmancha-lo, se curto, deixe que faça a curva do vento no seu pescoço.
    Se chorar, deixe a lágrima role grossa, até o canto da boca, e sinta que se foi, se sorrir, sinta que repuxou os ouvidos e seus olhos não deram conta de abrir, tamanha a felicidade.
    Se te empurrarem, voe, o mais calma que puder, plaine e terá chegado metros na frente...de qualquer maneira siga em 2012 com muita felicidade, ternura e sonhos. Felicidade, porque toda a criação e toda criatura deve celebrar estar viva, ternura porque já temos rusgas demais no mundo e isso só pioraria a situação, seria inútil, sonhos, porque é de sonhos que nosso tecido corpóreo é feito.
    Feliz nascimento, feliz final de ano e feliz entrada do próximo, que haja luz nos seus caminhos, amor no seu coração e muito sucesso na sua vida.
    É uma honra para as cozinheiras desse vurdóns ter encontrado tão verdadeira bicicleta pelas estradas a fora. bjs de todas nós

    ResponderEliminar
  3. Uma certa matemática de mimos, a quadra é propícia,gostei. um abraço e BOM NATAL!

    ResponderEliminar
  4. Lembrei a tabuada bailando entre as carteiras na escolinha do professor Tadeu!...
    (O tempo vai de feição para que, sobretudo, se divida)
    ...
    Não estive, mas não me esqueci de estar. E mesmo que Natal seja quando se quiser (e for possível...), é sempre possível um abraço!
    Felicidades!

    ResponderEliminar
  5. FELIZ NATAL
    FELIZ NASCIMENTO,
    FELIZ CAMINHO,
    LACHO DROM,
    LACHO KRECHUNO .

    Cozinha dos Vurdóns

    ResponderEliminar
  6. Tudo pelo melhor

    neste Inverno proçongado

    e descontente

    ResponderEliminar
  7. Agradecendo os votos que aqui encontrei, deixo um abracinho esperando que assim aconteça.
    M

    ResponderEliminar
  8. Que assim seja! Com um denominador comum: todos têm de entrar nas contas!
    Abraços apertados:))))

    ResponderEliminar
  9. R.,
    A formalização da esperança também se inicia num desejo, e se for comprovado matematicamente melhor ainda. :)

    Um Feliz Natal!

    ResponderEliminar
  10. Uma belíssima equação. Também espero que ela se aplique ao futuro que se aproxima.

    Beijiho enorme, R., e um Natal muito feliz!

    ResponderEliminar
  11. Festas Felizes, R.! Faço votos que o espírito natalício inspire os restantes dias! Um abraço. :)

    ResponderEliminar
  12. R,
    Muito obrigada pelos votos e que esta equação de intentos se realizem em soma, em multiplicações, em divisões queridas e subtrações que acabem com as tristezas.
    Grata.
    Abraço! :)

    ResponderEliminar
  13. "Para sonhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre."
    (Carlos Drummond de Andrade)

    FELIZ 2012, AMIGO! BEIJOS

    ResponderEliminar
  14. É tempo de ler as linhas da mãos, com sabedoria e altivez,
    com humildade e disernimento.
    Se a sorte te visita,
    não a deixe fugir,
    Se a tristeza te acompanha,
    te esforça para recordar os momentos felizes,
    a sabedoria sempre encontra o caminho,
    a serenidade sempre recobra os sentidos,
    a magia sempre ilumina a alma
    o céu te protejerá por teto,
    as estrelas por manto,
    e que a liberdade seja sempre gaiola aberta
    a guiar serenamente,
    as estradas que se abrem.
    Porque são nas linhas da tua mão
    que se contam as vitórias,
    que se tece o tempo,
    que se constroi o presente
    que se aprende com o passado
    que se colhe o futuro.

    FELIZ ANO NOVO

    ResponderEliminar
  15. quem diria que na contabilidade há bondade...

    ResponderEliminar
  16. Um ano muito bom, caríssima R.
    [E obrigada pelo apoio para me trazer de volta ao chão branco]

    :)))

    ResponderEliminar
  17. Passamos pra mais um oi.

    bjs nossos e bons passeios de bicicleta, sempre.

    ResponderEliminar